segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Atravessando a piscina

Deus abençoe e ilumine a todos...

Nesse final de semana fomos ao clube e aconteceu algo bem interessante...Raisinha agora está nadando sem bóias, mas quando não está na piscina infantil, sempre tem alguém junto dela...Quer dizer sempre não e vocês entenderão o porque...

Brincamos com a Raisinha na piscina um tempo e pedimos algo para comer, ela saiu da piscina, comeu e quis voltar logo depois o que não deixei, pois sabemos dos riscos e temos que dar o famoso intervalo de 30 minutos após a refeição...O meu prato e da Sissi demorou um pouco mais, ou seja, enquanto estávamos começando a comer...Raisinha já estava pedindo a algum tempo para voltar pra piscina (grande) e realmente depois que se passaram 30 minutos, levei ela até a borda e falei..." Filha fique aqui na borda, segurando e se for nadar, fique sempre perto da borda para que você possa segurar caso precise e voltei na mesa juto da Sissi é um casal de amigos, porém sempre olhando Raisa, se estava na borda e sempre ela estava...Porém num determinado momento quando olhei na borda que ela estava, ela não estava mais, uma sensação de medo e preocupação veio a mim e quando vi Raisinha estava chegando do outro lado da piscina e estamos falando dessas piscinas grandes 25x 50 que existem nos clubes, ela atravessou os 25 metros...Chamei a Sissi na hora e ela fez uma feição de assustada (boca aberta) e sorrimos ao mesmo tempo pelo que ela tinha feito, porém quando cheguei até ela a primeira coisa que falei foi..." Filha o que você está fazendo aqui? O papai não falou pra você ficar lá? E ela saiu da piscina toda feliz pelo que ela tinha conseguido fazer...Senti isso a abracei e falei..."Meus parabéns filha, mas sempre que você quiser atravessar a piscina chame o papai, pois é perigoso"....A Sissi também a parabenizou e também teve a mesma conversa sobre o perigo da ação que ela tomou...Logo depois fomos embora...Raisinha dormiu e eu e Sissi começamos a conversar a respeito do que havia acontecido e chegamos na seguinte conclusão...

Se eu estivesse ali do lado dela ela não o faria...

Se eu visse ela atravessando e quando eu a visse ela estivesse no meio do trajeto eu iria pular atrás dela a pegar e ainda dar um belo sermão, fazendo com que ela talvez demorasse muito tempo pra tentar outra vez...

Se tivesse acontecido algo no meio do caminho, um afogamento, eu não me perdoaria nunca...Mas ao mesmo tempo nem me lembrei que ela faz natação a 4 anos e que eu vejo o desenvolvimento dela durante as aulas...

Enfim cheguei na seguinte conclusão...Eu travo minha filha de conhecer seus limites, sua capacidade, de forma inconsciente, mas travo, talvez não fosse a hora ainda, Não sei, uma criança de 4 anos e meio atravessando uma piscina que não dava pé pra ela...Comecei a me perguntar...Será que não ajudei minha filha a se desenvolver em outros momentos de sua vida? Será que a bloquiei em outros momentos dela?

Depois quando chegamos em casa e ela acordou, perguntei a ela como havia sido a travessia, se ela quase se afogou, se ela cansou, se ela gritou o papai e ela tranquilamente respondeu..." Não papai, quando eu cansava eu colocava a cabeça pra fora e respirava e voltava a nadar até que eu cheguei" E perguntei demorou pra chegar lá? E ela sim papai, um pouco, mas foi fácil.

Vocês já se pegaram olhando para seus filhos e falando..."Nossa eu nem imaginava que ele seria capaz disso"...Pois é foi o que aconteceu comigo naquele momento.

Será que você como pai, como mãe não atrapalha seu filho em se desenvolver e conhecer suas capacidades? Seus limites? Será que não protegemos demais nossos filhos e precisamos deixar eles ter o tempo deles e deixar que eles em alguns momentos tomem suas decisões por si próprios? Será que confiamos na educação e no aprendizado que damos aos nossos filhos? Será que vocês estão ensinando seus filhos a resolverem problemas ou estão resolvendo os problemas pra eles? Saiba que se você sempre resolver os problemas de seus filhos, mesmo quando adultos vocês ainda irão continuar resolvendo os problemas deles...Ensine seus filhos a lidar com os medos, angústias, problemas, ensine desde pequeno aos seus filhos há resolverem seus problemas, porque os problemas deles vão ser de acordo com a sua idade e capacidade de resolvê-los, é um desentendimento com o amiguinho da mesma idade ou às vezes até mais velho, é um desentendimento por espaço, brinquedo, coisas da idade deles é que eles podem ser ensinados a lidar com isso.





To pegando no pé dos pais ultimamente né rsrs...Eu me incluo nessa também viu pessoal e não pensem vocês que sou muito radical, não, não é isso, só tento ter um equilíbrio, pois estamos criando nossos filhos cada vez mais dependentes de nós, geração pós geração as coisas em mudando, filhos saindo cada vez mais tarde das casas dos pais, filhos demorando cada vez mais para arrumar emprego e você pode falar assim, mas é uma geração que está estudando mais, mas tenho certeza que muitos que leem esse post, trabalharam e estudaram e nem por isso se tornaram pessoas más ou ruins.

Aí vem aquela famosa frase..."Quero dar ao meus filhos o que eu não tive"...Mas se prepare para seu filho também ser o que você não é...A vida não é tão fácil assim ao ponto de não ensinarmos nossos filhos a se virar. Se você chegou onde chegou foi com muito esforço não é? Porque não ensinarmos isso aos nossos filhos? É simples.

Um dia você não vai estar ao lado do seu filho para protegê-lo e aí como ele vai se sair?

Obrigado a todos que nos acompanham aqui pelo blog, pela fan page Diário da Raisinha e pelo Instagram @rafaeldelcol

Deus esteja com vocês, uma semana iluminada e abençoada a cada um e lembrem-se hoje e sempre....Tenham atitude sempre...Pois...
Uma atitude, muda toda uma história.

12 comentários:

  1. Hahahah adorei e ate vejo o sorriso da raisa quando chegou lá! Lindeza que amo tanto! Ela é muito esperta Rafa e bem isso quatro anos de natação não foi em vão! Parabens Raisinha

    ResponderExcluir
  2. Entendo que voce esta em um novo relacionamento e deixou para tras toda aquela "paixao que vimos ha menos de 1 ano atras no cara que fez aquele video para a esposa, mas enfim voce nao vai mais citar sobre a verdadeira mae da Raisa para ela?
    Voce pode ter substituido a sua esposa, mas nunca podera substituir a mae dessa crianca.
    Se ela atravessou essa piscina imensa, voce nao se desatentou por segundos, foi por um longo tempo, suficiente SIM para ter acontecido uma tragedia.
    Deveria ter falado para a Raisa que enquanto voce nao cuida e nem a outra que se faz de mae so para te agradar, a verdadeira mae dela olhou por ela e olha sempre e por isso nada aconteceu! lembre que ela tem uma mae e um anjo na vida dela.
    qdo ela for grande para entender as coisas, sabera que tem uma mae e uma MADRASTA. ninguem deixa de ter mae porque a mae faleceu.
    e muito menos voce deveria deveria deixar de citar o nome da mae dela porque se voce gosta de se mostrar o melhor pai do mundo entao aja como tal
    nao deixe de falar da mae dela pra poupar sua namorada, pois se ela for boa o bastante para a Raisa, ela sabera muito bem entender!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa quanta amargura. Logo de ver que não acompanha nada dele, pq se acompanhasse perceberia que ele roda e vira fala sobre a mãe da menina. Ele é jovem e precisa de uma ajudadora para criar a filha e em posts anteriores para vc que não acompanha ele fala sobre isso claramente 😉 Leia e acompanhe antes de criticar!

      Excluir
  3. Hahaha , Rafa me sinto tão íntima de vocês ! Sinto que a Raissa é parte de minha família! Cuidado com piscinas !olho no gato e outro na Raissinha !!! Beijos no coração

    ResponderExcluir


  4. I think that is an interesting point, it made me think a bit. Thanks for sparking my thinking cap. Sometimes I get so much in a rut that I just feel like a record.

    http://eremaxfuncionabr.com/genius-x-farsa-ou-falso/

    ResponderExcluir
  5. A Raisa é uma fofa mesmo! Sapequinha e bem independente! Parabéns papai rafa!! Você acerta em tudo!!Abraços

    ResponderExcluir
  6. Essa história me fez chorar, parabéns por ser este pai tão lindo para sua filhinha....Que Deus continue lhe dando forças, estratégias e paz!

    ResponderExcluir
  7. Espero que Deus abençoe cada vez mais e te dê força no dia a dia, Fé é sempre a chave que nos move para continuar.

    ResponderExcluir
  8. Saiba que sua história arrancou lágrimas de muitas pessoas, inclusive eu. Vc e sua esposa formavam um casal lindoooo, e com um amor puro, perfeito e verdaderio como é díficil de se ver!! Deus foi muito generoso e fiel contigo, por ter tido a força de superar com tanto amor com sua filhinha Raissinha, suas fotos, video foi uma idéia genial!! Trabalho perfeito. E agora com seu blog, que inspiração, tem ajudado a muitos a superar a dor da perda e seguir em frente com positividade, alegria, amor, fé e Deus. Vc conservou e preservou a família que formou, seguindo vc e Raissinha, agora vc se permitiu um novo amor!! É vida que segue...DEUS OS ABENÇÕE GRANDEMENTE.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Rafael, é realmente muito importante este tema.
    Uma conhecida foi tratada a vida inteira como doentinha pela família (seus pais e a irmã mais velha)porque tinha epilepsia. Pois bem, há dois anos, sua mãe idosa com Alzheimer e seu pai idoso estão sendo cuidados por ela, pois a irmã mais velha faleceu de câncer (morreu em poucos meses). Veja a grande roda-viva! Hoje ela desbrochou: resolve tudo, anda sozinha na rua, cuida dos pais... Nunca podemos dizer que alguém não é capaz de algo pelas suas aparentes limitações físicas ou cognitivas. Deus pode nos habilitar em tudo o que Ele planejar. Temos que dar mais oportunidades às pessoas (inclusive aos filhos) e nos permitirmos acreditar nelas. O tema da minha Crisma (Ano 2000)foi "Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos" e esta mensagem jamais saiu da minha mente. Os pais querendo, ou não, vão ver seus filhos desabrocharem e se será com ou sem sofrimento vai depender das escolhas que fizerem hoje.
    Tenham todos uma semana abençoada! Amém!!!!

    ResponderExcluir