segunda-feira, 20 de julho de 2015

Histórias como a nossa

Deus abençoe a todos...

Novamente desculpem pela demora, mas perceberam que o intervalo foi menor rsrs... Aos poucos vou ajustando tudo por aqui para  postar semanalmente.

Hoje o post será um pouco diferente dos demais...Há alguns meses uma moça entrou em contato comigo devido ao blog e contou um pouco de sua história pra mim a partir de então começamos a trocar algumas experiencias a respeito do assunto, ela perdeu seu marido há 2 anos e pedi a ela que escrevesse um post aqui para o nosso blog, pois achei muito interessante vocês que nos acompanham verem o lado feminino da situação.

A Edivana também ficou com uma pequena, na época com 3 meses e a partir de agora vocês irão ler de uma forma resumida a forma como ela lidou e lida com toda essa situação, tenho certeza que esse post assim como os anteriores irá ajudar muito a todos que passaram, que irão passar, enfim, a todos que, de certa forma se deparam com qualquer tipo de surpresa indesejada, tristezas que chegam de forma repentina há entenderem que a vida é assim, o futuro é incerto, não sabemos o que irá acontecer daqui 1 minuto, então aproveitemos ao máximo cada momento e deem valor no que realmente é importante e não no que é urgente.

Desde ja agradeço a Edivana por ter atendido o meu pedido, que Deus abençoe você e a pequena Yasmin de forma muito especial...Muito obrigado por compartilhar conosco sua história, tenho certeza que ajudará muitas pessoas.


Copiei exatamente o que a Edivania me enviou por e-mail.



Olá leitores (as) do blog“Diário da Raisinha”,

Sou Edivana Antunes, tenho 31 anos, graduada em pedagogia e pós-graduanda em psicopedagogia pela Universidade Estadual de Maringá. Todos têm sua história, seja ela de vitórias, derrotas, perdas ou ganhos, que por natureza fazem parte da trajetória da nossa existência na terra e indiferente de como é o enredo que você vivência, nunca se coloque como vítima, como “coitado (a)”, apenas olhe para frente e lute sempre com sorriso nos lábios. Como cita Charles Chaplin “UM DIA SEM SORRIR É UM DIA DESPERDIÇADO”.
Assim, veio o pedido do Rafa (como todos têm uma história para contar como conheceu este blog, eu também tenho a minha, mas isso, quem sabe num outro momento tenho a oportunidade de contar, e olha que dá um post também, (risos)), então como dizer “não” para um pedido precioso. Tudo na vida são aprendizagens, como menciona o escritorJosé Saramago “A vida é uma aprendizagem diária”. Viver é contribuir de modos diversificados, é ensinar e aprender, é vivenciar o amor, a fé e acreditar que o dia seguinte será sempre melhor. Amor é uma palavra forte, nesse sentimento não existe egoísmo, amar é se doar ao outro, é passar por uma dor e poupar uma dor maior ao outro.A dor é parte da nossa vida, é companheira e é preciso encarar como ela vai estar em nossa trajetória. As dores devemnos fazer erguer e lutar no dia a dia, acreditar que nunca estamos sozinhos, que temos um Deus, que nos ampara e nos direciona para o melhor caminho.
Bom, vou compartilhar um pouquinho da minha história:
Conheci meu esposo Alex quando eu tinha 13 anos de idade, éramos amigos.Passou o tempo e nos tornamos namorados. Como todo namoro, passamos por diversas fases: conhecimento, parceria, amizade, brigas, paz, amor e felicidades até que chegamos ao altar para dizermos um SIM do amor, SIM para Deus,e emsetembro do ano de 2004iniciaríamos nossa família, que naquele momento iriamos pensar juntos nossa vida, construir nosso lar. Tínhamos a certeza de que o amor deveria fazer parte dos nossos dias sempre e assim foi.Deveríamos regar o amor todos os dias. Lembro quando o sacerdócio celebrou nosso casamento e ele disse: “Amar verdadeiramente é dar a vida ao outro” e me perguntou: “Edivana, você daria sua vida pelo Alex?” Respondi de todo meu coração, diante do altar da nossa igreja e perante nossos familiares “SIIIIIIIIIIMMMMMMMMMMMMMMM”.Tinha certeza de que daria minha vida pela dele, que o amava. Assim o sacerdócio concluiu “amar é dar o seu coração ao outro”. Nunca me esqueci daquele dia.
No decorrer do casamento, tivemos planos, realizamos um a um, curtíamos cada momento como únicos, sempre tendo como alicerce em nossa vida nosso Pai, nosso Senhor Jesus era base da nossa vida, enfim, vivíamos um verdadeiro amor. Não tínhamos preguiça para viver, para sorrir, para amar. Tornamo-nos um casal completo. Brigas? Lógico que tínhamos os desentendimentos, ninguém é perfeito (risos), mas o amor era maior e superávamos juntos cada fase, um cedendo, outro também e assim passaram-se oito anos e chegado o momento de pensarmos em completar nossa família, era um sonho, principalmente dele desde o início do casamento.
Quando resolvemos planejar a vinda de uma criança fizemos todos os procedimentos de exames, e descobri que talvez pudesse demorar a engravidar, teria que tomar medicamento, pois não tinha ovulação. Lembro-me que naquele momento decidi que iria engravidar sem qualquer tipo de medicamento, que nosso bebê iria vir na hora certa, que Deus iria cuidar disso e assim acreditamos e entregamos ao Pai para agir em nossa vida. Três meses depois, fui fazer o exame e recebi o maior presente, um dia antes da data do dia das crianças, dia de Nossa Senhora Aparecida, para alguns somente uma data, para nós católicos, uma comemoração, enfim, coincidência ou não, foi o dia que descobri que estava grávida, o dia em que nossa casa se iluminou, que a alegria renasceu em dobro e, naquele momento, recordo da lágrima do Alex caindo ao receber a notícia. Estávamos muito felizes, nossa família também. Naquele dia, ele me disse que o bebê que estava esperando era a Yasmim, ele tinha certeza. Questionei se ele não preferia um menino e qual o motivo, ele disse que a menina seria para sempre minha companheira. O tempo foi passando, cada dia uma alegria maior, sempre estávamos juntos.Mesmo quando eleviajava, nos falávamos por telefone, compartilhava cada momento da gravidez. O dia que descobrimos o sexo do bebê, as lágrimas desceram, era uma alegria imensa, era meu maior desejo ser mãe de uma menina.
Assim, em maio de 2013, nasceu Yasmim, nossa princesa, a alegria de toda a família, o papai, então, sem palavras para descrever, apenas lágrima nos olhos e o sorriso nos lábios. E assim, sentíamos que tudo estava completo. Conversamos sempre de vários assuntos e principalmente sobre a morte, sobre a partida da terra, não sabíamos quem iria primeiro, mas tínhamos a certeza que um dia chegaria para alguém. Não sabíamos que estava tão próximo e o dia chegou... (muitas lágrimas, difícil de conter, a lembrança machuca).
Acontecimento:
Era um dia de domingo, um dia que amanheceu diferente, acordamos cedo, coisa rara (risos), tomamos o café da manhã, demorado, muito mais do que o normal, sentia um aperto no coração, uma vontade de ficar perto dele e de não largar mais, sensação comentada naquela manhã, porém como eu era bem grudada a ele, não erade se estranhar. Almoçamos na casa da mãe dele, sorrimos muito, foi um dia muito legal, como todo domingo, como todos os momentos que passamos juntos, mas naquele dia resolvemos fazer uma foto, eu, ele, Yasmim e a mãe dele, nossa última foto. Aproximadamente às 15:30h, ele segue sua viagem.Naquele dia, ele me disse que todos os seus sonhos tinham se realizado, que nada mais faltava para ele. Fiquei brava com o comentário,disse que ele deveria então pensar em algum sonho, pois se o sonho tivesse acabado não haveria mais razões de viver na terra. Perguntei se ele não sonhava em criar a filha e ele me olhou e disse “Isso você fará muito bem, confio em você”. E naquele dia ele partiu sem nunca mais voltar.
Há poucos quilômetros de casa, numa curva na rodovia, não sei o que aconteceu, mas a carreta tombou e invadiu a pista contrária, atingiu outro carro com familiares, os quais morreram na hora. Até hoje não entendo, mas o cavalinho (nome dado para a parte da frente da carreta) acabou deixando-o preso nas ferragens e o fogo se alastrou, não sendo possível salvar a vida dele. Muitas pessoas pararam o carro, tentaram conter as chamas, VIAPAR chegou, mas ninguém tinha algo para cortar a lataria, para tirá-lo de lá e, por conseguinteo fogo propagou e ele, ACREDITO COM MUITA CONVICÇÃO, naquele momento os anjos do céu o buscaram.
No mesmo dia, muitas horas depois, a notícia chegou, a maior dor que já pude sentir, quando a irmã dele segurou em meus braços e disse, ELE MORREU. Não queria acreditar, era mentira, estava num pesadelo. Aquela noite todos os familiares vieram para minha casa, passamos a noite juntos esperando o dia amanhecer, pois o corpo só iria liberar dia seguinte. Na manhã seguinte ligamos a TV para ver a reportagem e quando vi o noticiário foi como uma “faca no coração”, olhava para minha filha, tão pequena, iria completar 3 meses naquela semana. Chorei e sofri muito, mas nunca briguei com Deus, pois, naquele momento,me lembrava da história de Maria ao ver SeuFilho na cruz, lembrava que ela aguentou firme e que, também iria aguentar. Sentia Jesus segurando minhas mãos. Aconteceu o sepultamento e, logo em seguida, peguei a estrada e fui até o local do acidente, queria entender, queria resposta, queria ele de volta. Nada, só foi mais tristeza ainda,fui aos sítios vizinhos conversar com os moradores, queria ouvir, queria entender, busquei todos os relatos, mas a dor só aumentava e voltei para casa sem resposta alguma, apenas a certeza de que ele partiu mesmo. Não o vi, devido o caixão lacrado, apenas senti que precisava ser forte, que havia feito um juramento, que daria minha vida a ele e naquele momento eu precisava me doar, aguentar aquela dor por ele, pois,o mesmo não iria suportar o acontecimento, iria machucá-lo muito, era sua paixão ser motorista da carreta, era tudo que sonhava e aquele acidente acabaria com o sonho dele. Portanto, naquele dia decidi que sofreria tudo que fosse preciso para que ele fosse poupado de dor maior. Tinha a certeza de que estaria em um lugar muito melhor, que olharia por nós e confiaria em mim, ele sabia que iria aguentar firme.
Assim, retornei para minha casa com minha filha de 3 meses e com a convicção de que iria continuar nossa vida apenas nos duas, que ela dependeria exclusivamente de mim, portanto precisava superar, não poderia me abater com as tristezas, comia por ela, cuidava de mim por ela, eu sorria, para que ela não me visse chorando e, dessa forma, criei hábitos de chorar na madrugada, somente com Deus, somente Ele iria ver minha tristeza, meu desânimo. Confesso que pedia a Deus para nos levar, suplicava a Ele para levar eu e a Yasmim, não entendia porque nós tínhamos ficado. O tempo foi passando, cada dia era único para mim, tentava viver o meu melhor, para que a Yasmim, naquele momento de muita tristeza entre nós, ela não fosse atingida, queria ver minha filha feliz.
Fiquei sem trabalhar até o ano em que ela completaria 2 anos, dediquei meu tempo a ela, e somente esse ano retornei minha vida profissional, num lugar abençoado por Deus, estou muito feliz com meu trabalho novo, meus novos amigos e cada dia faço dele o mais especial possível, sorrio e tento dar o melhor de mim em tudo.
Esse ano fará 2 anos que meu amor partiu, saudade é imensa, mas sigo a vida. Namorar?! Hum, um dia sim, sem pressa, tudo tem sua hora, como a passagem da bíblia Eclesiastes “Há tempo para cada coisa, tempo para nascer, tempo para morrer, tempo para sorrir, tempo para chorar, tempo para AMAR”. Espero amar novamente, reconstruir minha vida, sim, pois acredito que ninguém deve viver na terra sozinho, amar é lindo, amar machuca, mas é perfeito! Mas, tudo ao tempo de Deus, sem pressa, sem correria.Deste modo vou vivendo, curtindo cada fase da minha filha, aperfeiçoando meus estudos e caminhando sempre sorrindo. Viver é lindo, viver é confiar em Deus e ter a certeza que dias melhores virão. Deixo aqui umas questões de reflexão, como viver o hoje e como preparar um amanhã suave? E lembre-se sempre, precisamos estar de malas prontas todos os dias.

 Bom...Voces perceberam que a Edivana acompanha o blog e ela mesmo em seu texto deixou uma reflexão no final rsrs... Muito obrigado novamente.

Obrigado a todos que vem nos acompanhando aqui no blog, no Instagram @rafaeldelcol

Peço desculpas aos milhares de pedidos de amizade no facebook,mas por alguns motivos não consigo aceitar a todos.

Uma semana abençoada e iluminada a todos vocês...Deus esteja com cada um.

Uma atitude, muda toda uma história.

89 comentários:

  1. Duas histórias de dor, mas de SUPERAÇÃO!!Que Deus continue abençoando cada dia mais a vida tanto do Rafael,quanto da Edivana..

    ResponderExcluir
  2. Assistindo a matéria mais que emocionante e encantadora,apesar dos momentos tristes....
    Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!
    Não tem como deixar passar despercebida.
    Que Deus continue te iluminando e te usando como luz para essa benção que sua esposa deixou em seu coração!!A sua filhota!!
    Um forte abraço para você e um beijo bem estalado na Raisinha e um abraço de ursa pra ela também...
    Dessa mais nova fã,,,Claudia.

    ResponderExcluir
  3. Você é um exemplo pra todos. Deus abençoe e dê forças a você e a Raisinha. Ótima história

    ResponderExcluir
  4. Olá Rafael, acabei de ver sua história no Balanço Geral,que o Senhor abençoe vcs dois nessa linda caminhada e agora sozinhos.
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Parabens...logo encontraras ela pois a vida e eterna. Deus abencoe voces e, ela esta com voces. Luz e paz

    ResponderExcluir
  6. Linda história, parabéns 👏🏼❤️

    ResponderExcluir
  7. Difícil não se emocionar. Que Deus continue abençoando sua vida e de toda sua família

    ResponderExcluir
  8. Lição de vida! Linda história! Me emocionei muito, parabéns e que Deus os abençoe.

    ResponderExcluir
  9. Assisti a materia sobre essa menina linda me emocionei muito e Deus abençoe vocês sempre vocês apartir de hoje bao estar sempre nas minhas oraçoes lindo o trabalho dessa pequena que Deus conforte o corações de vocês e de uma coisa eu tenho certeza que essa pequena nunca vai se esquecer da mãe mais linda com esse trabalho maravilhosa e esse pai esta de parabéns por essa luta esse carinho e amloor com essa filha com esse trabalho meus Parabéns estou completamente encantadaa muito mesmo 😍

    ResponderExcluir
  10. Não passei por uma perda física, no meu caso foi um divorcio doloroso. Mas me encontrei na mesma situação, sozinha criando um filho e tentando deixar o coração e a mente dele tranquilos. Ainda erro muito, mais Deus sempre sabe o que faz, e sabe quem escolhe para cada situação. Boa semana para todos nós

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Que Deus abençoe VC e sua filhinha!!!

    ResponderExcluir
  13. Feliz foi essa mulher que teve vc como marido, parabéns por tanta luz, tenho certeza que lá do céu ela sempre iluminará e cuidará de vcs 2. Eu assisti a reportagem na record e lá percebi que tudo isso que vc faz é a sua forma de superar sua dor, parabéns por ser essa pessoa maravilhosa, esse pai maravilhoso, e se lembre que se vc achou pouco tempo que ela ficou ao seu lado, então saiba que justamente por Deus já saber que ela viveria somente mais 9 anos é que proporcionou a ela o melhor , você ! Parabéns !!!! Sonia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua colocação é perfeita quando diz que feliz foi essa mulher, concerteza um marido com tanto amor e dedicação.

      Excluir
  14. Difícil não se emocionar. Que Deus continue abençoando sua vida e de toda sua família

    ResponderExcluir
  15. Difícil não se emocionar. Que Deus continue abençoando sua vida e de toda sua família

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Assisti sua historia,muito amor envolvido,tu es admiravel,que Deus continue lhes abençoando.Me emocionei muito!

    ResponderExcluir
  18. Meus parabéns cara, que história linda, você e sua filha merecem toda a felicidade do mundo, e a Edivana também,são vencedores e pessoas maravilhosas,espero que continue com o blog, materia linda e emocionante.

    ResponderExcluir
  19. Nunca estamos preparados pra morte, e até ignoramos que uma hora ela irá ocorrer, não sabemos o dia e nem a hora, apenas Deus o sabe. Perder alguém que amamos é como perder parte de nós, só quem é capaz de suprir essa dor é Deus. As vezes queremos achar algum culpado pra tudo que nos acontece de ruim, mas não existe culpa, devemos aceitar e ser gratos ao nosso pai, sem blasfemar. O amor deve está acima de qualquer coisa, quando nosso Deus entregou seu único filho na cruz, ele o fez por amor a uma nação, pela salvação de todos nós. O que mais me emocionou nessa matéria Senhor Rafael, é que o amor está acima de qualquer dor e que Teu Deus é teu conforto, porque ele não te tirou ela, ela nunca te pertecenceu, assim como ninguém pertence a ninguém, todos nós somos obras de Deus e devemos aceitar e amar sempre, porque Deus é amor, e ele esse amor que deve mover o mundo! Deus te abençoe, somos obras de Deus e filhos de Deus, pertencemos a ele! Aleluia, Deus seja louvado e abençoe você e sua família sempre e você continue dando testemunho dele, ele tem se agradado do seu coração. Amém.

    ResponderExcluir
  20. Sua história é maravilhosa que Deus abençoe você e esse anjinho que Deus lhe deu

    ResponderExcluir
  21. Estou sem palavras linda história parabéns
    Deus no comando sempre :)

    ResponderExcluir
  22. Que história linda parabéns; chorei litros aqui rs vendo a reportagem; Que o senhor Jesus continue te dando forças para cuidar dessa joinha linda

    ResponderExcluir
  23. Nossa Rafael.... Ainda não consegui parar de chorar desde que vi sua história. Também sou viuva há 7 anos, infelizmente não tive filhos, no entanto Deus sabe de tds as coisas. É mto difícil e até hj choro ...Peço à Deus que sempre Abençoe vc e sua pequena Raiza que é tão linda qto a mãe .

    ResponderExcluir
  24. Nossa Rafael.... Ainda não consegui parar de chorar desde que vi sua história. Também sou viuva há 7 anos, infelizmente não tive filhos, no entanto Deus sabe de tds as coisas. É mto difícil e até hj choro ...Peço à Deus que sempre Abençoe vc e sua pequena Raiza que é tão linda qto a mãe .

    ResponderExcluir
  25. Linda sua história,que Deus continue te dando forças e muita saude para cuidar dessa princesinha linda que Deus concedeu a você Rafael e a sua falecida esposa

    ResponderExcluir
  26. Olá Rafael...ainda não consegui me recompor desde o término de sua matéria na TV. Também sou viuva há 7 anos...infelizmente não tive filhos, no entanto Deus sabe de tds as coisas. Peço à Deus que Abençoe vc e a pequena Raiza sempre...a mesma é tão linda qto a mãe.

    ResponderExcluir
  27. Olá Rafael...ainda não consegui me recompor desde o término de sua matéria na TV. Também sou viuva há 7 anos...infelizmente não tive filhos, no entanto Deus sabe de tds as coisas. Peço à Deus que Abençoe vc e a pequena Raiza sempre...a mesma é tão linda qto a mãe.

    ResponderExcluir
  28. Estou sem palavras linda história parabéns
    Deus no comando sempre :)

    ResponderExcluir
  29. Meeeu Deus, historia maravilhosa. Essa princesa a cada dia crescendo mais linda. Que Deus abençoe muito você Rafael e a Princesa. A sua superaçao re flete a cada dia na vida da sua filha. Tenha certeza de que pra ela você é o Heroi dela, o exemplo e a Referencia. Assisti a reportagem, e confeso que chorei Muiiiiito. Desejo que Deus abençoe muito a cada dia mais a vida de voces, que vocês vivam o Melhor de Deus.
    Adorei a sessao de Fotos da pequena. Ficaram iguais. *-----*
    Familia linda

    ResponderExcluir
  30. Meeeu Deus, historia maravilhosa. Essa princesa a cada dia crescendo mais linda. Que Deus abençoe muito você Rafael e a Princesa. A sua superaçao re flete a cada dia na vida da sua filha. Tenha certeza de que pra ela você é o Heroi dela, o exemplo e a Referencia. Assisti a reportagem, e confeso que chorei Muiiiiito. Desejo que Deus abençoe muito a cada dia mais a vida de voces, que vocês vivam o Melhor de Deus.
    Adorei a sessao de Fotos da pequena. Ficaram iguais. *-----*
    Familia linda

    ResponderExcluir
  31. Linda história eu vi na televisão e fiquei muita emocionada ...

    ResponderExcluir
  32. Linda história de amor verdadeiro. Me emocionei vendo a reportagem na tv, principalmente quando vc afirma que mesmo soubesse o que aconteceria viveria td de novo com sua amada. Parabéns pela herança preciosa que sua esposa deixou. Deus sabe de todas as coisas, que Ele abençoe e guarde sua família.

    ResponderExcluir
  33. Linda historia, que com certeza foi escrita pelo dedo de Deus, e para cada um de nós, ele prepara uma historia, um momento de pura alegria, uma benção, uma perda e mesmo quando não entendemos, temos que confiar, porque para todas as coisas que acontecem existe um propósito nada é por acaso, mas, um dia tudo ficará claro, e eu creio em nome de Jesus que vai valer a pena.

    ResponderExcluir
  34. Olha vi sua reportagem não tinha mesmo como não se emocionar, chorei demais e ao mesmo tempo de coração pedi Deus pra proteger vc e sua princesinha , vc está de parabéns PAIZÃO .. Que Deus continua te iluminando te dando forças , sabedoria , fé, determinação pra vc continuar trilhando sua vida .

    ResponderExcluir
  35. Parabéns pela força Rafa....Deus é nosso refugio e sem ele não somos nada,que bom que voce deixa ele guiar teus caminhos.

    ResponderExcluir
  36. /ola ..rafael..vi sua matéria no balanço geral, moro em Bagé/RS e lembro muito bem dessa historia, pois aqui é cidade pequena e quando acontecem fatalidades marcam sempre..... me emocionei mto... e chorei muitooo... parabens pela superação... não é facil..mas com Deus é tudo mais facil e com essa filhota linda tem que seguir mesmo... um abraço!!!!

    ResponderExcluir
  37. Olá Rafael. Meu nome é Essio. Que bom conhecer alguém que passou por uma situação semelhante.
    Tenho 38 anos e também tenho uma princesa que agora está com 6 anos. Sua mamãe Juliana virou uma `estrelinha` como ela diz em janeiro de 2014 durante um procedimento estético. E desde então me dedico ao máximo para criar minha princesa, um presente que Deus confiou a mim. Graças a Deus tenho superado com ela os momentos difíceis como datas especiais. Mas como você deve saber, elas nos dão força, e vemos o quão fortes e preparadas são. Espero que você e sua pequena sejam muito felizes, mesmo com as lutas diárias. Creio que se Deus nos deu esse desafio é que fomos escolhidos e capacitados para tanto. Tenho certeza que o sofrimento de perderem a mamãe tão cedo as tornaram mulheres fortes no futuro. Que Deus os abençoe. Vou acompanhar suas postagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu Deus Sr. Essio minha prima acabou de falecer igual a sua...fez procedimento na Clinica Luiz Anchieta e pasme precisou chamar o samu para socorrer.
      Espalhamos na midia para que outras nao facam mais procedimentos assim em clinica. O Dr. Luiz Anchieta esta atendendo em Pinheiros e na hora de operar leva para Santo Andre. Estamos entrando com processo judicial. Beijinhos na sua filhinha.

      Veja a reportagem http://www.dgabc.com.br/Noticia/1842651/familiares-acusam-clinica-de-estetica-de-negligencia


      Veja o protesto em frente a clinica

      https://www.youtube.com/watch?v=l7JJxE3sOH4

      Excluir
    2. Sr. Essio. Minha prima fez procedimento na mesma clinica que sua esposa...minha prima faleceu no final de fev16. Foi socorrida pelo Samu mas nao sobreviveu.

      http://www.dgabc.com.br/Noticia/1842651/familiares-acusam-clinica-de-estetica-de-negligencia

      Excluir
  38. Olá Rafael, Primeiramente eu gostaria de dizer pra você o quanto eu admiro e respeito você como homem, pai e esposo. Eu também sou pai e tenho alguns problemas com filho e família, mas sei que não é nada perto do que você viveu e vive todos os dias. Mas com essa fé em Deus e perseverança que você tem com certeza ele te sustentara todos os dias da sua vida... Conheci a sua história hoje a tarde quando cheguei em casa e por um acaso liguei a tv....Nesse momento eu falava com Deus a respeito de tantas coisas quando comecei a prestar atenção na sua história e da Raisinha...e Deus bradou em meu espirito algo tão forte que não pude assistir a matéria até o final sem conter as lagrimas....Naquele mesmo momento eu orei por você e pela sua família para que Deus continue os abençoando e confortando cada um de vocês e continuarei orando por você sempre que Deus assim me tocar. E tenho certeza que muitos foram tocados através da sua historia. Que Deus sempre ilumine o seu caminho e que a sua princesinha possa crescer com saúde e paz... permaneça firme pois DEUS ESTÁ CONTIGO!!! Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”. Josué 1:9
    Tenha certeza disso meu amado, pois ele está no controle de tudo e um dia você entendera o porquê de tudo isso... Que Deus te abençoe em nome de Jesus

    ResponderExcluir
  39. Impossível não se emocionar com essa história. Realmente perder alguém é uma dor incondicional e que procuramos resposta do porquê?
    Mas acredito que Deus só nos permite passar por isso e carregar esses fardos pesados e dolorosos, pois sabe que somos capazes de passar por isso, pois sabe que temos forças para enfrentar esses obstáculos. Peço que Deus continue derramando bençãos na vida da Edivana e dando forças para ela seguir a vida dela sempre muito feliz. Em nome de Jesus!!!
    Abraços...

    ResponderExcluir
  40. Impossível não se emocionar com essa história. Realmente perder alguém é uma dor incondicional e que procuramos resposta do porquê?
    Mas acredito que Deus só nos permite passar por isso e carregar esses fardos pesados e dolorosos, pois sabe que somos capazes de passar por isso, pois sabe que temos forças para enfrentar esses obstáculos. Peço que Deus continue derramando bençãos na vida da Edivana e dando forças para ela seguir a vida dela sempre muito feliz. Em nome de Jesus!!!
    Abraços...

    ResponderExcluir
  41. Que Deus continue abençoando vocês. A força, a superação de uma grande dor, só com Jesus Cristo no coração.

    ResponderExcluir
  42. Que Deus continue abençoando vocês. A força, a superação de uma grande dor, só com Jesus Cristo no coração.

    ResponderExcluir
  43. Deus sabe oq faz, ele é pai! N foi por acaso q vc e Tati se conheceram. Ela foi uma pessoa diferenciada, fez muito em tão pouco tempo que esteve aqui c vcs. Arrumou e preparou o melhor pai para a sua filha!! Ela esta em.paz e feliz pq sabe q vcs estão bem, conseguiram fazer tudo direitinho mesmo na ausencia dela!! Parabéns pelo pai e homem q és! O mundo está carente de historias de amor e de pessoas cmo vcs!! Deus continue iluminando e acompanhando a trajetória dessa familia iluminada! Bjos na Raissinha pq ela é a coisa mais fofa, uma boneca! Abraços e muita paz no seu coração!

    ResponderExcluir
  44. Boa noite Rafael, qual seu endereço de email? nao estou conseguindo lhe enviar pelo Google+...

    ResponderExcluir
  45. Oi meu caso é parecido com o seu eu fiquei viúva aos 22 anos com uma filha de de 2 anos e meio e não é nada fácil

    ResponderExcluir
  46. Eu li essa historia com muitas lagrimas rolando e o coraçao apertado!
    A minha historia é muito parecida cm da Edivania perdi meu marido faz 1 ano e 1 mes ele tbm era camioneiro e estavamos juntos deste os 15 anos, ele era a pessoa q eu qria ficar ao lado ate ficar velhinha, mais a nossa vontade as vezes nao é o melhor pra nos, so Deus sabe o pq ele teve que partir tao cedo. Tinhamos muitos sonhos um deles erat er um filho eu estava fazendo tratamento pra consegui, mais cm eu disse so Deus sabe o q é melhor pra nos. Vc perder o seu amor doi muito! Mais Deus esta me dando força pra lutar e reerguer.
    Muito bom ler historias parecidas de pessoas que venceram, que fazem da sua historia um aprendizado de viver cada dia!
    Parabens pelo Blog gostei muito.

    ResponderExcluir
  47. Histórias lindas de superação... as vezes paro e fico pensando em como seria minha vida sem meu marido, acho que não suportaria perde-lo, mas vejo na história de vida de vcs que com Deus nada é impossível e direto converso com Deus e peço que cuide sempre dele em seu caminho ao trabalho e a volta pra casa... Parabens pela superação.

    ResponderExcluir
  48. Histórias lindas de superação... as vezes paro e fico pensando em como seria minha vida sem meu marido, acho que não suportaria perde-lo, mas vejo na história de vida de vcs que com Deus nada é impossível e direto converso com Deus e peço que cuide sempre dele em seu caminho ao trabalho e a volta pra casa... Parabens pela superação.

    ResponderExcluir
  49. Histórias lindas de superação... as vezes paro e fico pensando em como seria minha vida sem meu marido, acho que não suportaria perde-lo, mas vejo na história de vida de vcs que com Deus nada é impossível e direto converso com Deus e peço que cuide sempre dele em seu caminho ao trabalho e a volta pra casa... Parabens pela superação.

    ResponderExcluir
  50. Me emocionei com sua história, com tudo que vc fez como marido e pai. Infelizmente nada trará sua esposa, mas você tem ai um anjinho de luz que vai cuidar de você. Cuida dessa princesa e que Deus te abençoe todos os dias. Porque sem dúvidas você merece! Beijos

    www.tatycorrea.com

    ResponderExcluir
  51. Caro Rafael,
    Sei bem o que voces estao passando, sou pai do Vitor um jovem de 2 anos, perdemos a mamae dele, qdo ele tinha apenas 5 meses, mas vendo estorias como estas e com apoio de Deus, estamos seguindo em frente tbem. Fique com Deus. abraços !!

    ResponderExcluir
  52. Neste momento estou no meu trabalho, e por algum motivo fui levada ao face justamente num post emocionante. Continuei buscando e encontrei mas essa historia de superação e amor. Também já perdi um grande amor meu Pai e sei como é a dor da ausência... Que Deus esteja sempre com vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  53. Olá querido Rafael. Primeiramente gostaria de te parabenizar pela sua garra, sua força, também da sua pequena guerreira Raissa. Fui levada ao seu blog aleatoriamente, mas a partir dos propósitos de Deus em minha vida, passo por uma situação completamente diferente da sua mas onde também sinto a dor da perda e dessa situação de lidar sozinha com minha filha, a Maria Eduarda de 05 anos. Li todas as postagens do seu blog e isso me confortou nesse momento de dor. Gostaria de poder falar mais contigo, tentei te add no face e já chegou ao limite, se puder me envia teu e-mail. Beijo e felicidades sempre. P.S: Morro de São paulo é mesmo um paraíso, sou de Salvador!!!

    ResponderExcluir
  54. Primeiramente quero dizer que procurei um email para te enviar isso e não achei.
    Ontem 28/07 estava olhando as postagens no facebook como normal, mas algo me chamou muita atenção.. Uma materia no site da r7, abri o site e me emocionei. Então hoje 29/07 resolvi entrar no blog que apareceu no final da reportagem e sabe de uma coisa? Estou surpresa, emocionada e encantada.
    Surpresa pelo homem que você é, acreditou em Deus, enfrentou os medos, as dúvidas e hoje é um ótimo pai, tenho certeza.
    Emocionada por cada texto que eu li ( ainda não consigui ler o blog todo mais volto amanhã ), cada palavra que escreveu da Tati e da Raisa me fez pensar nas coisas que as vezes deixamos para amanhã e talvez não chegue.. A Tati deve se orgulhar muito de ti e da tua familia.
    Encantada pela Raisa, criança linda, inteligente e superadora de tudo, na qual quando for maior vai entender tudo e se orgulhar cada vez mais do pai.
    Espero um dia poder falar contigo por email, minha Dinda ficou viuva a 4 anos, tinha uma menina de 7 anos e estava gravida de sete meses de outra menina que hoje se chama Valentina (Valente) e lendo toda esta historia, entendo como ela conseguiu superar! Foi com ajuda de pessoas maravilhosas como você que conseguiu superar.

    ResponderExcluir
  55. Olá Rafael... ainda estou tentando organizar os pensamentos diante de tanto choro. Minha história é muita parecida com a sua e a da Edivânia ( e a de algumas pessoas q estão a comentar aqui). Perdi o meu marido a 1 ano e 3 meses, ele faleceu no dia do aniversário de 2 anos da nossa unica filha. Ele saiu pra uma reunião de trabalho, e um acidente de moto tirou a sua vida, e levou uma parte da minha também. Nunca mais consegui ser feliz, a minha filha sofre muito até hoje, nós duas ainda não conseguimos superar a perda. Achar a sua história me fez muito bem... existe felicidade...a minha filha precisa de referencias, e principalmente, voltar a ser feliz! Obrigada pela sua iniciativa!

    ResponderExcluir
  56. Boa noite Rafael e Raisa, assisti a matéria de vocês a pouco no clicRBS e fiquei muito emocionada e, ao mesmo tempo muito feliz pela Raisa que tem um PAI maravilhoso. eu perdi o meu em 1992 e desde lá a saudade é imensa. Mas mesmo com a perda dele e o pouco tempo que convivemos que foram 13 anos, as lembranças estão aqui sempre presentes.
    Quero te parabenizá-lo pelo grande PAI e com a absoluta certeza a Raisa tem um REI RAFAEL pra cuidar dela com muito amor.
    Um grande abraço pra vocês, Caroline Oliveira - Poa - RS

    ResponderExcluir
  57. Rafael, achei simplesmente sensacional o que você esta fazendo. Esse ano faz 30 anos que minha mãe se foi, eu não era tão novinha quanto sua pequena, mas quando ela for mais velha vai amar muito tudo isso! Um abraço pra vocês (ela é linda!).

    ResponderExcluir
  58. Parabéns Rafael! Você é vitorioso, seu vídeo me fez chorar em todas as vezes que parava pra assistir. Que Deus te dê muita força, fé, sabedoria e muito amor pra cuidar da sua pequena. Ela é idêntica a mamãe. Ela é simplesmente linda!! Deus abençoe ricamente vocês. " Nenhuma folha cai da árvore, sem que Deus queira". Um abraço e um beijinho carinhoso na Raisinha. Fiquem com Deus. :)

    ResponderExcluir
  59. Rafael, que Deus continue te fortalcendo. Vi uma materia sobre o vídeo na internet... é impossível não se emocionar. Que a pequena Raíssa seja muito abençoada. Mesmo sem entender, confio que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus!

    ResponderExcluir
  60. Conheci o blog hoje através do seu vídeo. Não tem como não se emocionar, e lendo as palavras da Edivana chorei "baldes".
    Quero desejar do fundo do coração Tudo de bom para vocês, que Deus lhe forças e sabedoria para continuar com essa garra.

    ResponderExcluir
  61. vou deixar o endereço do nosso blog
    halluliconquistadiaria@blogspot.com

    ResponderExcluir
  62. Olá Rafael, tudo bem?

    Assisti o vídeo que fez com sua filha, em homenagem à sua linda esposa e li alguns de seus posts. Não tem como se emocionar com uma história linda de amor e dedicação à família.

    Você acredita que pode ter uma família eterna? Que vá viver unida além da morte, e desta vida?
    Essa vida é só uma passagem. É uma maneira de nos prepararmos para ter uma vida em família, na presença do Senhor e do Pai Celestial.
    Quando aceitamos essa experiência, o Pai nos disse que não seria fácil, teríamos provações e dificuldades, como a perda da sua esposa... Mas valeria a pena. E Ele nos disse que tudo seria mais fácil de suportar, porque teríamos um Salvador: Jesus Cristo. Ele que passou por cada uma de nossas dores e aflições para saber nos acudir e ajudar quando fosse nossa vez. :)

    Você pode ter uma família eterna! Pode voltar a viver junto de sua esposa e com sua linda e fofa filha.
    E se seu Espírito se sentir tocado com essas palavras, não exite em me perguntar mais à respeito, ok? :)

    Espero que me procure! Pois sinto que posso ajudá-lo!

    ResponderExcluir
  63. Olá Rafael! Meu nome é Amanda e faço parte da equipe de produção da Rádio Imaculada Conceição 1490 AM, em São Bernardo do Campo - SP. Gostaria de realizar uma entrevista com você sobre a sua história para a nossa programação especial para o Dia dos Pais! Estou tentando um contato com você, meu e-mail é amanda.braga@miliciadaimaculada.org.br.
    Por favor, assim que puder me mande uma resposta, seu testemunho precisa ser propagado! O nome Rafael significa Cura de Deus, é o que você faz com a sua filha! Parabéns! Aguardo retorno

    ResponderExcluir
  64. Bom dia Rafael, meu nome é Maikel tenho 41 anos, sou do Rio Grande do Sul, tenho uma menininha de quase 3 anos, a Rafaela, conheci ontem sua história de vida e posso lhe dizer que foi uma das coisas mais emocionantes que já até hoje. Eu e minha esposa choramos muito com tudo o que vimos e criamos uma empatia muito grande com a sua superação. A Raisa é uma menina de sorte por ter um pai como você, continue assim, perseverança e fé. Um dia você vai saber que conversa a mãe teve com ela quando foi pegá-la na escola naquele dia, com certeza falou da sua força, De qualquer forma fico a disposição para qualquer coisa que você possa precisar. Meu e-mail é maikelml@hotmail.com. Fica com Deus meu irmão, e um abração na Raisa.

    ResponderExcluir
  65. Fui apresentada a sua estoria, e confesso que me emocionei muito... parabens, a gente sempre consegue qualquer coisa se esforçando e lutando diariamente, e é o que vc faz... tudo vai chegando no lugar Que Deus abençoe vc a Raisinha e a vida de vcs.

    ResponderExcluir
  66. Bom dia Rafael, meu nome é Maikel tenho 41 anos, sou do Rio Grande do Sul, tenho uma menininha de quase 3 anos, a Rafaela, conheci ontem sua história de vida e posso lhe dizer que foi uma das coisas mais emocionantes que já até hoje. Eu e minha esposa choramos muito com tudo o que vimos e criamos uma empatia muito grande com a sua superação. A Raisa é uma menina de sorte por ter um pai como você, continue assim, perseverança e fé. Um dia você vai saber que conversa a mãe teve com ela quando foi pegá-la na escola naquele dia, com certeza falou da sua força, De qualquer forma fico a disposição para qualquer coisa que você possa precisar. Meu e-mail é maikelml@hotmail.com. Fica com Deus meu irmão, e um abração na Raisa.

    ResponderExcluir
  67. Vc pode informar o seu email? Gostaria de conversar, pois estou passando por um problema parecido e está sendo muito difícil.

    ResponderExcluir
  68. Bom, ontem no comentario que escrevi aqui disse que não consegui ler todo o blog mas que iria voltar hoje! Como prometido estou aqui.
    Rafael, sem palavras para descrever o pai que tu é pra Raisa, quero dizer que a partir de hoje irei acompanhar todos os teus posts e que depois de ler tudo isso serei outra pessoa, irei amar mais, aproveitar mais, reclamar menos! Que a Raisa e você sejam muito felizes e que Papai do céu abençõe vocês sempre.

    ResponderExcluir
  69. Que grande historia, parabéns por não tomar o caminho mais fácil, por cuidar da sua pequena e ajudar a outros contando sua historia, você é um grande exemplo de ser humano, e isso nos tempos de hoje é algo difícil de se ver.
    Você acaba de ganhar mais uma fã e alguém que irá orar mt pela felicidade de sua família.
    Desejo tudo de melhor pra você e sua pequena e que Deus continue sustentando vcs.
    :)

    ResponderExcluir
  70. Deus é realmente maravilhoso, sempre dá um jeitinho de nos fazer bem. Encontrei o blog por acaso, e veio no momento em que eu mais precisava. Li e me emocionei com sua história, estou passando por uma situação parecida e aqui encontro força pra continuar... Quero ser forte como você é! Também tenho um blog, lá conto um pouco da minha história: http://eternoamordoalem.blogspot.com.br/
    Que Deus continue nos guiando e dando a força necessária para seguirmos de cabeça erguida!

    ResponderExcluir
  71. Nossa como esse mundo é pequeno, eu estava lendo o blog que cheguei a me emocionar,e quando vejo o acidente da Edivana do marido dela foi o mesmo que veio a falecer as quatro pessoas aqui de Bom Sucesso, a Professoa Ligia o seu marido Luciano, a irma da Ligia e sua mãe, foi uma tragedia e deixando suas duas Filhas e uma delas viu o acidente, lamentavel cheguei a arrepiar quando eu vi que era o marido da Edivana e ela conta esta historia, que Deus abençoe vcs e seus filhos.. e continue assim.

    ResponderExcluir
  72. Boa noite
    Gostaria de dar os parabéns palha sua fé e força.
    E tbm gostaria mto de ver a reportagem do balanço geral tem como vc e enviar o link

    ResponderExcluir
  73. Soube da história através de um ex-aluno – fui professor da Urcamp em Bagé. Minha esposa Fabiana faleceu em Julho de 2013, depois de 15 dias em coma em decorrência de um AVC (incomum numa pessoa saudável de 38 anos). O detalhe: ela sofreu o AVC apenas 10 dias depois do parto de nossa filha Sofia. Foram quase 5 anos tentando realizar o sonho de ser mãe... achei mensagens nossas de 2009 falando em exames e tratamentos. Ela trabalhava na TV Record, fizeram uma bela homenagem que passou no Balanço Geral. Também tive dificuldade de achar livros e artigos para pais que ficam viúvos cedo com bebês pequenos.

    ResponderExcluir
  74. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  75. Somente hoje conheci seu blog e gostaria de ter conhecido há mais tempo. Passei pela mesma experiência da Edivana, porém, estava grávida de 6 meses do meu noivo, que faleceu em um acidente também em 2013. Dói muito até hoje é somente meu filho (que veio a carinha do papai) é capaz de resgatar minha alegria. Na época, procurei por pessoas na Internet que passaram por isso, para compartilhar, entender, buscar respostas... mas não encontrei ninguém. Hoje encontro encontro este blog. Tudo vem em hora certa mesmo!
    Um grande abraço a vcs!
    Mileny Franco

    ResponderExcluir